Ela tinha uma constelação inteira escondida dentro dos seus olhos.

As lima.   (via abstracionista)

Você é assim, um sonho pra mim. E quando eu não te vejo eu penso em você desde o amanhecer até quando eu me deito. Eu gosto de você e gosto de ficar com você, meu riso é tão feliz contigo, o meu melhor amigo é o meu amor. Seus olhos meu clarão, me guiam dentro da escuridão. Seus pés me abrem o caminho, eu sigo e nunca me sinto só. Você é assim, um sonho pra mim. Quero te encher de beijos

Tribalistas  (via desancorei)

Pirulitos se tornam cigarros. Inocentes viram vadias. Dever de casa vai pro lixo. Celulares conectados no twitter durante a aula. Detenção se transforma em suspensão. Refrigerante se torna vodka. Bicicletas viram carros. Beijos viram sexo. Vocês se lembram de quando usar proteção era botar um capacete? De quando a pior coisa que você poderia levar de garotos eram cosquinhas? De quando os ombros do pai eram o lugar mais alto e inatingível e mamãe era nossa heroína? Aliás, lembram-se de quando heroína era o feminino de herói? De quando seu pior inimigo era seu irmão? De quando war era só um jogo de cartas? De quando a única droga que você conhecia era remédio pra tosse? De quando remédio pra tosse era realmente usado pra curar tosse? De quando usar uma saia não te transformava numa vadia? A maior dor que você sentia era quando ralava os joelhos e os “adeus” duravam até só o amanhecer de outro dia. E nós não podíamos esperar por crescer?

Odeio Rótulos. (via retratou)

Um brinde ao acaso. Um brinde ao que deu certo, ao que não deu em nada. Um brinde ao caminho incerto, à pessoa errada. Um brinde à tudo que acontece, um brinde ao que nunca vai acontecer. Tudo que mudou, e a tudo que nunca vai mudar.

Rodrigo Tavares.   (via desancorei)

Olheiras,
corpo cansado,
xícara de chá ao lado,
um pedaço de papel;
rabiscado com palavras vázias.

William Leal.   (via retratou)

— Nunca se apaixonaria por outra?
— Nunca.
— E se tivesse dois corações?
— Ambos pertenceriam a você.

Allax Garcia.   (via retratou)

Me fez feliz como ninguém, me faz triste como jamais fui.

Caio Augusto Leite.  (via desancorei)

Quem é feliz não conta, não espalha, não grita aos quatro cantos. Quem é feliz, satisfaze-se por ser. E sabe que felicidade anda coladinha na inveja. Quem é feliz não precisa provar nada, simplesmente é. As pessoas felizes demais nunca me passaram confiança. Essa coisa de que a vida é uma festa e não existe nada errado, não me brilha aos olhos. Feliz é quem conhece o lado ruim e o respeita. Feliz é quem já foi infeliz. Somente quem já foi infeliz pode entender que a tristeza traz um punhado muito bom de aprendizados. Felicidade não é sobre quem grita mais alto; É sobre quem sorri mais fundo.

Clarissa Corrêa.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

Coloca na conta - estou com saudades de você, pois é. Essa jura que eu fiz de te esquecer pode esperar mais um pouco.

Wilkeer Souza.   (via velhapoesia)